terça-feira, 10 de maio de 2016

GRANDE LEILÃO PREFEITURA DE ARAMBARÉ !!!


TERÇA-FEIRA, 10 DE MAIO DE 2016


Edital de Leilão nº 01-2016 - ARGEMIRO LUIZ FINATTO, brasileiro, Leiloeiro Oficial com Matrícula sob o no. 231/08, CPF 369.070.300-04,


GRANDE LEILÃO PREFEITURA DE ARAMBARÉ !!!



Processo de Licitação 22-2016

Edital de Leilão nº 01-2016

 A Prefeita Municipal de ARAMBARÉ - RS, JOSELENA MARIA BECKER SCHERER, de conformidade com o disposto na Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, torna público que, às 13h00min HORAS DO DIA 25 DE MAIO DE 2016, na PREFEITURA de ARAMBARÉ – RS, Rua Ormezinda Ramos Loureiro – n° 180 – Centro Administrativo - Arambaré – RS, realizará através do Leiloeiro Oficial, ARGEMIRO LUIZ FINATTO, brasileiro, Leiloeiro Oficial com Matrícula sob o no. 231/08, CPF 369.070.300-04, RG no. 1018737427, Leilão Público de bens inservíveis do Município. Os bens estarão expostos para visitação pública neste mesmo endereço, em horário das 08h00min às 13h30min de segundas à sextas-feiras. Informações e cópias do edital completo poderão ser obtidas na Prefeitura Municipal de Arambaré pelo telefone (51) 3676 – 1211. Site www.finattoleiloes.com.br centraldeleiloesdors.blogspot.com Fones: (51) 3015 – 2648, (51) 9593 – 2903 (51) 9613 – 7228. Os bens serão vendidos no estado que se encontram. Os valores mencionados serão considerados lance mínimo para leilão. Fica reservado à Prefeitura, suspender a qualquer tempo, a realização, bem como retirar a seu critério, do leilão, qualquer bem, de acordo com suas necessidades ou conveniências, ou, ainda, não aprovar qualquer venda, sem que isso importe em qualquer direito dos licitantes, seja que natureza for. Todas as despesas ou ônus necessários à transferência dos veículos arrematados serão atendidos pelo adquirente, que deverão ser feitas em 30 (trinta) dias a contar da data de entrega do bem. O pagamento será efetuado à vista e a comunicação de venda será efetuada imediatamente após a negociação. A comissão do Leiloeiro será paga no ato do leilão diretamente ao Leiloeiro Oficial. Prazo máximo de retirada dos bens será de 10(dez) dias após o leilão. 

LAUDO DE AVALIAÇÃO PLANILHA DE BENS PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAMBARÉ

 PLANILHA DE BENS PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAMBARÉ – RS -


 01 Trator cortador de grama, marca Murray Trapp, ano 2010, motor Briggs Stratton 18,5 HP, 42” cut, n° 1122100A002067, modelo 42L19G60X8A. R$ 2.901,40 

02 01 Micro ônibus, maca Mercedes Benz/ LO 708, placas IIY 2348, ano/modelo 1978/1978, chassi n° 9BM308304HB768285, RENAVAM n° 00579368769, marca da carroceria Marcopolo, potência 087 CV, capacidade 19 P, quilometragem 201.224 km R$ 6.882,00 

03 01 Ônibus, marca Mercedes Benz/ OF 1318, placas IHV 1701, ano/modelo 1990/1990, chassi n° 9BM384088LB884254, RENAVAM n° 005663884690, capacidade 47 P, quilometragem 251.958 km. Acompanha motor que esta instalado no veículo e mais 01 motor e 01 caixa de câmbio R$ 12.240,00

 04 01 Ônibus com caixa hidráulica, marca Mercedes Benz/ Comil Svelto U, placas IHH 2577, ano/modelo 1998/1998, chassi n° 9B382069wb152227, RENAVAM n° 00695404288, potência 204 CV, capacidade 47 P, quilometragem 64.933 km. Pneus bons. R$ 9.210,00 

05 01 Veículo esp./Camionete/Ambulância, marca Ford, modelo Courier Rotan, placas INO 2038, cor branca, ano/modelo 2006/2007, chassi n° 9BFNSZPPA7B997854, RNAVAM n° 00905917898, 1,79 PBT, potência 095 CV. R$ 8.037,50 

06 01 Veículo Ambulância, marca Ford, modelo Wilian Courier AMB, placas IST 2968, cor branca ano/modelo 2011/2012, a álcool/gasolina, chassi n° 9BFZC52P1CB915523, RENAVAM n° 00430409117, 1,8 PBT, potência 109 CV. R$ 12.399,70 

07 01 Trator, marca Massei Fergunson 50 X, horimetro 5955, Acompanha as rodas e pneus. R$ 3.950,00 

08 01 Retroescavadeira, marca Massei Fergunson 86 HS, n° de série 5046000566. Acompanha lança e caçamba, n° de série 5046106393. R$ 9.250,00 

09 01 Automóvel, marca Fiat, modelo Palio Fire Economy, placas IPW 8232, cor branca, ano/modelo 2009/2010, a álcool/gasolina, chassi n° 9BD17164LA448489, RENAVAM n° 00149386117, potência 75 CV, capacidade de 05 P, quilometragem 411.792 km. R$ 5.051,65 

NORMAS GERAIS DO LEILÃO:
-

NORMAS GERAIS DO LEILÃO O presente contrato descreve os termos e condições gerais em leilões oficiais, cuja participação vincula a aceitação dos termos aqui contidos. Dúvidas poderão ser esclarecidas através do SAC no telefone (51) 3898 – 5223 (51) 3015 – 2648 (51) 9593 – 2903 (51) 9476 - 3773 pelos endereços de e-mail centraldeleiloesdors@hotmail.com margaretecentraldeleiloesdors@hotmail.com ou através do nosso Site www.centraldeleiloesdors.com

 1 – DO CADASTRO DO ARREMATANTE 
1.1 No ato da arrematação, será entregue ao arrematante um Recibo de Arremate; 
1.2 As informações cadastrais são confidenciais e guardadas em sigilo. 
1.3 O Arrematante se compromete a atualizar os dados pessoais sempre que houver modificações que importem em mudança de endereço, e-mail e telefones, etc...
 2 – DA PARTICIPAÇÃO NO LEILÃO
 2.1. Qualquer pessoa física maior de 18 anos com capacidade civil nos termos da legislação em vigor e portadora de C.P.F./M.F. válido, poderá participar do leilão presencial.
2.2 Para participar do leilão presencial é necessário que o interessado esteja munido de cheque de sua titularidade.
 2.3 Para interessados que não estejam munidos de talão de cheques de sua titularidade é VEDADA à arrematação de qualquer lote. 
3 – DO LEILÃO 
3.1. O Leilão acontece, sempre, nas datas e horários previstos nos Editais publicados anteriormente a data dos pregões e será realizado por Leiloeiro oficial, devidamente registrado na Junta Comercial do Estado do Rio Grande do Sul. 
3.2. Para participar do leilão e proferir lances, o interessado deverá ler atentamente todas as cláusulas e disposições contidas neste Termo, assim como todas as descrições dos lotes pormenorizadas nos catálogos disponíveis aos interessados antes da realização do leilão e nos locais previstos no Edital. 3.3. O Leiloeiro poderá a seu critério, reunir, desdobrar, sair da ordem do catálogo, incluir ou retificar qualquer informação não divulgada em editais ou retirar qualquer lote constante neste leilão mesmo que publicado.
 3.4 Os bens serão vendidos “Um” a “Um” ou em “Lotes”, a quem oferecer o maior lance, reservando-se o direito do (s) comitente (s) vendedor (es) em autorizar ou não a venda do bem para o maior lance ofertado. 
3.5. Quando o maior lance ofertado não atingir o preço mínimo de venda do lote, poderão ser aceitos, lances condicionais, faculta-se ao Leiloeiro aceitar lances condicionais, que ficarão sujeitos à aprovação do (s) comitente (s) vendedor (es), com o prazo de resposta de 03 (Três) dias ÚTEIS período no qual o interessado e arrematante não poderá desistir das propostas e lances ofertados. Sendo aprovado, o lance condicional passará ao status vendido.
 3.6. Será de responsabilidade integral do Arrematante, acompanhar junto a Central de Leilões no “site” o status de seu lote através do link do Leilão ou entrar em contato na Central de Atendimento através dos telefones. 
3.7. O leiloeiro ou comitente vendedor poderá a qualquer momento (antes ou depois do pagamento) cancelar a venda de qualquer lote, sem ônus algum. 
4- DOS BENS
 4.1 Os Lotes são VENDIDOS NO ESTADO EM QUE SE ENCONTRAM, não se responsabilizando o LEILOEIRO nem o COMITENTE VENDEDOR pela qualidade, vícios e/ou defeitos ocultos ou aparentes. 
4.1.1 Em caso de Chassi amassado ou enferrujado, mesmo que não anunciados em catálogo e se necessário à remarcação, serão de responsabilidade exclusiva dos arrematantes, bem como todos os encargos.
 4.2. Todas as informações e características acerca dos bens colocados no Leilão foram prestadas única e exclusivamente pelo (s) comitente (s) vendedor (es), razão pela qual o Leiloeiro fica isento de qualquer imprecisão, imperfeição e/ou ocultação nesse sentido.
4.3. Os Comitentes Vendedores e o Leiloeiro não se responsabilizam por quaisquer defeitos mecânicos e elétricos, falta de componentes obrigatórios tais como: - Chave de rodas, Macaco, Triângulo, Extintor, Falta de Chaves e manuais, etc...
 4.4. O leiloeiro e o (s) comitente (s) vendedor (es) não se responsabilizam por débitos de qualquer natureza que eventualmente recaiam sobre os bens ofertados em Leilão tais como, documentação vencida, multas de trânsito, recibo, IPVA’s etc., salvo informações constantes nas cláusulas de condições gerais por comitentes. 
4.5. Eventuais débitos fiscais, judiciais e/ou administrativos incidentes sobre os lotes, que divulgados ou não nos catálogos ou no Recibo de Arremate, são de responsabilidade exclusiva do Arrematante que deverá promover a prévia e devida consulta perante os órgãos de trânsito e demais órgãos competentes, assim como vistoria prévia que lhe é facultada para verificação do estado real do bem.
 4.6. Correrá por conta do interessado que teve seu lance vencedor (“Arrematante”), todas as despesas e outros encargos, taxas e impostos, inclusive ICMS quando devido, decorrentes da arrematação. 4.6.1. No caso do comitente (s) vendedor (es) ser (em) uma empresa de seguros (Seguradora), a nota fiscal não contém crédito de ICMS. A responsabilidade é exclusiva do Arrematante no cumprimento da obrigação acessória e principal imposta pela SEFAZ (Secretária da Fazenda) de cada Estado, isentando o Leiloeiro, Central de Leilões do RS., e o (s) comitente (s) vendedor (es) de qualquer responsabilidade perante as Autoridades Fiscais. 
4.6.2. No caso de autuação (Auto de Infração, Imposição e Multa, Inscrição em dívida ativa e seus desdobramentos) pelo descumprimento da obrigação fiscal do Arrematante que co-responsabilize a Central de Leilões do RS. ou o Leiloeiro oficial, o Arrematante compromete-se a tomar todas as providências para exclui – lo (s) do pólo passivo da demanda administrativa ou judicial. 
4.7. Não serão aceitas quaisquer reclamações de terceiros, com quem os Compradores venham a negociar os lotes do leilão.
 4.8. Para lotes Salvados de Sinistro e lotes em mal estado de conservação, é necessário realização de INSPEÇÃO VEICULAR em Órgão credenciado pelo INMETRO que deverá ser realizado pelo arrematante. 
4.9. Para veículos blindados não haverá garantia, sendo que toda e qualquer regularização correrá por conta do arrematante, devendo o mesmo obedecer aos critérios da Legislação vigente. 
4.10. As descrições dos lotes sujeitam-se a correções apregoadas no momento do leilão, para cobertura de omissões ou eliminação de distorções acaso verificadas.
 4.11. A infração descrita na Portaria Detran nº 308 de 09-02-2009 que obriga o arrematante a realizar transferência no prazo de 30 (trinta) dias após a emissão da nota de venda do veículo, sob pena de multa no valor de R$127,69, seguido de 5 pontos na CNH, será de responsabilidade integral do Arrematante.

5 – DA VISITAÇÃO DOS LOTES

 5.1. O interessado poderá vistoriar os lotes, sozinho ou acompanhado de um técnico ou avaliador de sua confiança, nos dias, locais e horas indicados no Site www.centraldeleiloesdors.com, nos editais, nos catálogos e no balcão de atendimento da Vistoria, momento em que serão esclarecidas as dúvidas existentes acerca dos lotes. O arrematante deverá avaliar cuidadosamente o estado dos veículos, pois não serão aceitas reclamações posteriores à arrematação, bem como não serão aceitas desistências. 5.2. Quando o objeto do Leilão versar sobre veículos automotores, as informações sobre a existência das chaves poderá ser obtida com a equipe do leilão. 
5.3. É facultado ao interessado solicitar a abertura do veículo.
 5.4. Não será permitida que os interessados acionem o motor.
5.5. Para esclarecimento de dúvidas sobre os lotes o interessado poderá procurar a equipe do leilão. 5.6. O ARREMATANTE declara que já promoveu todos os exames e vistorias dos veículos de acordo com o dia, horário, e local determinado no catálogo e nos editais de divulgação do leilão e aceita adquiri-los, isentando o COMITENTE “VENDEDOR” e o LEILOEIRO, de qualquer responsabilidade, inclusive por vícios ou defeitos, ocultos ou não, e renunciando a qualquer direito ou ação. 
5.7 - As fotos e descrições dos lotes a serem apregoados estarão disponíveis no "site" da Internet, no endereço www.centraldeleiloesdors.com , facultando aos interessados de promoverem as vistorias conforme item “5” deste contrato. 
5.8. As fotos dos lotes disponíveis no “site” são meramente ilustrativas, não representando o estado real do lote e não isentando o Arrematante de promover uma vistoria do lote antes do leilão.
 6 - DA ARREMATAÇÃO 
6.1. No ato da arrematação, o Arrematante deverá: (i) emitir cheque CAUÇÃO (“Cheque”) nominal a ARGEMIRO LUIZ FINATTO; e (ii) assinar o recibo de arremate. 
6.1.1. Os cheques serão consultados no ato do pregão e em caso de irregularidades, a venda será automaticamente cancelada e o lote, será novamente leiloado. 
6.2 O cheque caução, deverá ser obrigatoriamente substituído pelo Arrematante, no setor de atendimento, sito à AVENIDA GETÚLIO VARGAS 1211 - CANOAS/RS - CENTRAL DE LEILÕES DO RS.
 6.3. A taxa de leilão será de 10% (dez por cento), calculada sobre o total da venda dos veículos e correrá por conta do comprador devendo ser paga no ato da arrematação, juntamente com o sinal de garantia correspondente a 20% sobre o valor da mesma . As vendas realizadas em leilão são irrevogáveis, não podendo o arrematante recusar o bem adquirido ou pleitear a redução de preço (Art. 1106 do Cód. Civil) ou alegar desconhecimento das condições e características do veículo, ou de outros bens;
 6.4. A entrega dos bens arrematados somente será efetuada após o pagamento do DOC e/ou ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICIPIO DE ARAMBARÉ SETOR DE LICITAÇÕES Av. Ormezinda Ramos Loureiro, 180 – Caramurú – Arambaré – RS. Fone: 51 3676 1211 – Ramal 207. DOE ÓRGÃOS, DOE SANGUE: SALVE VIDAS! Página 6 confirmação da TED ou compensação do cheque, com uma taxa de R$ 200,00 (duzentos reais) na emissão da Nota Fiscal por cada, a título de despesas acessórias e impostos. 

7 - DA PARTICIPAÇÃO 

7.1. Poderão participar do leilão pessoas físicas e jurídicas de qualquer natureza, sendo que no ato o participante que arrematar o lote deverá apresentar obrigatoriamente os seguintes documentos: 
7.2. Pessoas Físicas: RG, CPF e Comprovante de Residência. 
7.3. Pessoas Jurídicas: Contrato Social ou cópia autenticada, CNPJ, RG e CPF do representante, com firma reconhecida, comprovando serem seus representantes legais; por sócio dirigente, proprietário ou assemelhado com poderes bastantes, e que satisfaçam as demais condições deste Edital. 
7.4. Pessoas emancipadas: devem apresentar, além dos documentos dos itens 14 ou, 15 o documento comprobatório do registro da emancipação em registro público.
 7.5. Os documentos referidos no item anterior deverão ser exibidos no original ou por qualquer processo de fotocópia, deverá estar devidamente autenticada por cartório ou por servidor da Administração, ou estar publicado em qualquer órgão da imprensa oficial.

 Observações: ACRESCIDA DA TAXA DE R$ 200,00 POR LOTE Central de Leilões do RS

ADM. HY8A8J4ZG

 ARAMBARÉ, 09 DE MAIO DE 2016.

 JOSELENA MARIA BECKER SCHERER 
Prefeita Municipal de Arambaré – RS


 Registre – se Publique – se

sexta-feira, 6 de maio de 2016

PORQUE NÃO: - Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina, poderiam muito bem criar sua independência, porque não, o Uruguay é menor que o Rio Grande do Sul e te...


PORQUE NÃO !!!
Vianna Sergio publicou 3 atualizações.


  • Vianna Sergio compartilhou a própria publicação.
    Agora mesmo

    PORQUE NÃO: - Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina, poderiam muito bem criar sua independência, porque não, o Uruguay é menor que o Rio Grande do Sul e tem tecnologia de ponta, principalmente na Pecuária e Agrícola, já nos anos 80, enquanto no Uruguay, para produzir uma partida de vacina anti-aftosa era usado as células do vírus, que vinha em uma caixinha de isopor de 20 centímetros, nós aqui precisávamos ter um biotério com 300 mil ratinhos brancos, um biotério com 30 mil porquinho da índia de laboratório branco, para poder produzir o vírus vivo da aftosa, diluir até um p/cinco, multiplicar no porquinho da india e depois ter produto acabado para produção da vacina, falo com conhecimento de causa, pois trabalhei 8 anos na área, pois bem a empresa que trabalhei, chamada de Laboratórios Noli S/A., para bem de sobreviver ao mercado, teve que contratar especialistas em produção de vacinas do Uruguay, para disputar mercado com outros laboratórios, em 1984 a empresa Bayer do Brasil, comprou todo o laboratórios Noli, pois tinham apenas Defensivos e agrícolas aqui no Sul e para surpresa a Bayer, manteve os contratados do Uruguay.
    Onde quero chegar com isso, nosso País é muito grande, poucas pessoas tem privilégio de chegar a conhecer a maioria dos seus Estados, que dirá seus potenciais, manejos, capacidade, ate mesmo para administrar um País deste tamanho é humanamente impossível, sempre teremos problemas, não vejo solução para nós próximos 50 anos, não sabemos o que deixaremos a nossos filhos, penso que administrar três Estados a nível Federal, com a capacidade que tem os Estados do Sul, teríamos um País competitivo, com o resto do mundo sim, enxuto, com produção de soja, arroz, feijão, industrias magnificas, povo ordeiro, isso não aconteceu ainda, por interesse de meia dúzia de pessoas mesquinhas, que lidam com a Economia e com a Política de forma demagoga ineficiente e sem controle e ninguém vai mudar isso, é humanamente impossível e lógico isso facilita o interesse central do Brasil, nosso Estado esta quebrado, as pessoas sem dinheiro, levantando 06.00 hs manha e voltando á noite para casa, policiais saindo de casa sem saber se voltam, mas no fim do mês, recebem vale de R$ 1.000,00 - como foi neste de abril, os hospitais, não tem mais vagas, o verdadeiro genocídio de crianças, idosos, morrendo, muito pouco dos acontecimentos são publicados pela imprensa, pessoas vindo do interior para a cidade grande, fugindo da fome, procurando o melhor para os filhos, escolas, trabalho, vida digna, e acabam se refugiando nas Vilas, que já tem gente saindo pelo ladrão, 90% dos menores presos, os país são trabalhadores, o Estado perdeu o potencial de cumprir o artigo 5º da nossa constituição, largou seus filhos ao alheio, não cumpre com suas responsabilidades e na sucessão do Estado, vem os flagelados Municípios, sem dinheiro, sem condições de se desenvolver, alguns até sem energia elétrica já passaram, o maior absurdo, mas é a nossa realidade...
    E nós gaúchos, Paranaenses e Catarinenses, não olhamos por esta ótica e se alguns olham, preferem brincar, fazer piada no Face, talvez entendam que o face não é para coisas sérias... - Se assim for, porque usam este para as passeatas, para esculachar os políticos, para criticar e requerer direitos, ou aqui não estou falando de direitos de obrigações, a água já esta batendo em nossas bundas, e nós dando risada e se choramos nossas perdas, nosso poder aquisitivo, choramos e aguentamos calados, como se fossemos cordeirinhos, que esta no engorde, sabe que vai para a faca, mas fica ali, pastando, fazendo o que o carrasco do açougueiro quer, sim isso somos nós, trabalhando tentando produzir e ate isso estamos perdendo, por falta de economia, empresas fechando, caus , desespero e nós aqui com um instrumento poderoso o qual, quando eu apertar apenas uma tecla destas para uns uma bobagem, para outros um mau necessário, ou quem sabe uma saída do inferno que estamos vivendo, nunca pensei em toda minha vida, que um dia estaria vivento e presenciando isso, as coisas mais sagradas da vida, da família do ser humano, sendo furtado por meia dúzia de vagabundos, como esta quadrilha do PT e Associados.
    Vou fazer aqui um pequeno resumo da coisa : apenas os 6 bilhões, que Sergio Moro localizou, seja em dinheiro ou em bens, sabem o que isso significa, girando na padaria, na sapataria, na lojinha da esquina, na moça da maquiagem, no açougueiro, ou quantos meses de pagamento correto aos funcionários Públicos, podem escolher onde colocar este dinheiro, bom isso é o que por hora foi descoberto pelo Sergio Moro, na Lava Jato. - Agora as fazendas do Lula e seus filhos, com 523 mil, eu disse 523 mil bois, avaliada em 500 milhões de reais, considerada a maior do mundo, e não sou eu que estou inventando, esta nos jornais e tem até ponto de GPS dos imóveis, para eles visitar seus bens, somente de helicóptero, não tem outro jeito, - tudo com o nosso dinheiro as custas das mortes dos hospitais, do trânsito, dos desvios de salários dos funcionários Públicos, saúde, nosso ensino, hoje falamos com um guri com ensino médio completo e notamos que nem para servente de pedreiro este menino tem capacidade, pela falta de instrução, ou seja uma regressão e a tendência é a piorar, pois apenas neste trimestre do ano o Governo Federal, cortou 86% das verbas obrigatórias dos orçamentos por falta de dinheiro, e poderia aqui grifar mais 500 itens, mas creio que para bom entendedor, meia palavra basta.
    Agora eu pergunto a meus amigos do Face, um cara que ganha R$ 33.000,00 de salário - mais R$ 78.000,00 de ajuda de custa de gabinete, carro e seguranças, para ele a família, isso multiplicado por 520 Deputados, façam as contas - sustou, faz outra continha ai - 30.000 funcionários nos Ministérios, pessoas ganhando até R$ 42.000,00 reais, por mês, somou, despesas de aviões, que custam em média ao País por mês aos cofres públicos, para sustentar as regalias dos políticos, custo em torno de 2 bilhões de reais, isso mesmo, - somou, isso é algumas das despesas que os 23 estados trabalham para pagar, o poderia aqui somar outras continhas, o cafezinho por exemplo entre outros, será estes que vão mudar tudo e cuidar do seu povo, ou apenas continuar brigando pela defesa de suas mordomias e de seus e nós pagando de forma amarga esta conta....??
    SERÁ QUE COM TUDO ISSO PRECISAMOS, PASSAR PELO QUE ESTAMOS PASSANDO, SERÁ QUE OS POLICIAIS DA RUA PRECISAM HOJE ANDAR COM ARMAS INFERIOR, AS ARMAS DOS MARGINAIS, SERÁ QUE O FUNCIONALISMO QUE CUMPRE HORÁRIO E FUNÇÃO, PRECISA BRIGAR, FAZER GREVE PARA TER SEUS DIREITOS BÁSICOS ADQUIRIDOS, ESTAS PUTARIAS DE BOLSONARIO E OUTROS PAPOS DOIDOS, INFLAMANDO AS REDES SOCIAIS É SOLUÇÃO PARA NÓS POVO, EU ESTOU A FAZER 52 ANOS E NÃO TENHO TEMPO NEM PACIÊNCIA, PARA BOATOS, TUDO QUE FAM AI NÓS MAIS VELHOS JÁ VIVEMOS, DITADURA, O TEMPO DA ARENA E MDB, NA SUCESSÃO DESTES VEIO OS MAIS ANTIGOS PDT, PMDB, PTB E OUTROS.... E OLHA ONDE ESTAMOS, SERÁ QUE NÃO MERECE UMA REFLEXÃO .....
    SERGIO Vianna Sergio??


  • Vianna Sergio compartilhou a própria publicação.
    12 min
    COMENTÁRIO DE MARGARETE ROSA
    Margarete H S Rosa Profundidade de comentários norteando os seríssimos acontecimentos que permeiam as desgraças de nosso país, ano após ano, mandatos após mandatos, a questão é, "quem é a massa pensante para tais reflexões"? Os políticos, comentários à parte, prosseguirão na defesa de seus jantares às míseras custas de R$ 70.000,00 ou ainda, às suas festas com suas prostitutas, e tudo, óbvio, pago com nosso dinheiro. Vivemos a cultura que sobre nós fora impregnada, que é a cultura do jeitinho brasileiro, do método corrupto que faz com que o cara tenha direito ao camarote porque deu uma caixinha gorda para o encarregado da segurança e tal. Vivemos a cultura do pau Brasil, os dogmas da colonização de Dom Pedro e, para acabar com este fardo amaldiçoado, somente o combate diário, à este mal, chamado CORRUPÇÃO, que, começa por nós mesmos, em nosso dia a dia. O Brasil é isto,meia dúzia de analfabetos gananciosos e alguns diplomados afoitos por mansões na Suíça, criando leis que destroem cada vez mais, a massa que, se vangloria por ao final de cada mês, receber o auxílio presidiário, ou um bolsa família que a faz ter o poder de compra por alguns poucos kilos de arroz, feijão e sobras de carne....é isto....Brasil contemporâneo, e continuar votando nestes mesmos políticos que, tratam esta massa, como se seres pensantes não fossem, porque na realidade, talvez, não o sejam...




sábado, 2 de abril de 2016

EDITAL COMPLETO sites: www.centraldeleiloesdors.com e www.finattoleiloes.com.br , ou pelos telefones. (51) 3015 – 2648 (51) 8114 – 0965 Tim (51) 9476 – 3773 Claro (51) 3898 – 5253 (51) 8686 – 2742 Oi (51) 9593 – 2903 Vivo, 51- 9613-7228. Argemiro Luiz Finatto Leiloeiro Oficial.

EDITAL COMPLETO  sites: www.centraldeleiloesdors.com e www.finattoleiloes.com.br , ou pelos telefones. (51) 3015 – 2648 (51) 8114 – 0965 Tim (51) 9476 – 3773 Claro (51) 3898 – 5253 (51) 8686 – 2742 Oi (51) 9593 – 2903 Vivo, 51- 9613-7228. Argemiro Luiz Finatto Leiloeiro Oficial.



EDITAL DE LEILÃO 01/2016

O PREFEITO MUNICIPAL DE SERTÃO SANTANA, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei Federal 8.666/93 e suas alterações posteriores, torna público que às 14 horas do dia 08 de abril de 2016, na Rua 24 de Março 1890, na cidade de Sertão Santana, procederá ao leilão público de bens inservíveis de propriedade do Município, sendo realizado pelo leiloeiro Argemiro Luiz Finatto, designado pela Portaria nº3.133, e contrato nº 063/2015, conforme discriminação abaixo: LOTE 1: Gol VW, placa IPR2358, Chassi 9BWAA05WX9P122146, 05P, Motor 1.0 Alco/Gasol, Ano 2009, Cor Branca, Renavam 00133959210; R$ 8.500,00 LOTE 2: Parati VW, placas IMW5986, cor branca, ano 2005/06, renavan 00873400240, chassi 9bwdb05w56t084726, motor 1.6, Alco/Gasol, 05p; R$ 10.000,00 LOTE 3: Onibus Mercedes-Benz, Marcopolo, Diesel, placas IBT6055, cor branca, ano 1988, renavan 00563247002, chassi 9BARSVDJ001000949REM; R$ 10.000,00 LOTE 4: Polo Sedan VW, placas IMZ4634, cor preto, ano 2006/06, renavan 00878579834, chassi 9bwjbo9n16p015111, motor 1.6, Alco/Gasol, 05p; R$ 11.000,00 LOTE 5: Fiat Doblo Essence, placas ITI6184, cor branca, ano 2012/12, renavan 00477634712, chassi 9bd119609c1093544, motor 1.8, Alco/Gasol, 07p; R$ 28.000,00 LOTE 6: Ambulancia Sprinter Mercedes Benz 312D, placas IJC6520, cor branca, ano 1999, renavan 00723333076, chassi bac690331xa530408, motor 095cv, diesel; R$ 15.000,00 LOTE 7: Grade agrícola, marca Baldan, 32 folhas. R$ 500,00 LOTE 8: Distribuidor de Calcário 3.000 kg, marca Ipacol DSE 5.0 R$ 1.500,00 LOTE 9: Plantadeira Agrícola 3 linhas, marc max, modelo SEEDLINE, 3705-L R$ 2.000,00 LOTE 10: Carreta Agrícola marc Backer R$ 500,00 LOTE 11: quadro de grade agrícola marca piccin R$ 400,00 LOTE 12: Cocho de caçamba com chassi e pistão, marca rodoeixo, 6 m³. R$ 2.000,00 

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO: 01. Só serão considerados os lances de valor igual ou superior ao da avaliação atribuída aos lotes. 02. O bem acima estará exposto para visitação pública na Rua 24 de Março 1890, de segunda a sexta-feira, no horário das 9 às 12 e das 13 às 17 horas. 03. O pagamento será efetuado à vista ou cinco dias contados a partir da data de realização do leilão, na retirada do bem, junto a tesouraria da Prefeitura Municipal de Sertão Santana. Caso o arrematante não efetue o pagamento estipulado, perderá o direito sobre o bem, que será levado a novo leilão, e poderá ser suspenso de novos leilões que o Município venha a realizar, ou declarado inidôneo, nos termos do disposto no art. 87, I a IV, da Lei Federal n 8.666/93. 04. O arrematante retirará o(s) bem(bens) a ele adjudicados obrigatória e concomitantemente com a integralização do pagamento. No caso de a integralização do pagamento ocorrer por meio de cheque, a retirada do(s) bem(bens) dar-se-á, obrigatoriamente, somente após a compensação deste. Os documentos do(s) bem(bens) serão entregues ao arrematante somente no momento de sua retirada. 05. Ocorrendo força maior ou caso fortuito, no interregno de tempo entre a data de realização do leilão e da retirada do(s) bem(bens), que impeça a entrega dos mesmos, fica resolvida a obrigação mediante a restituição do valor pago. 06. Uma vez integralizado o pagamento, o Município de Sertão Santana exime-se de toda e qualquer responsabilidade pela perda total ou parcial e avarias que venham a ocorrer nos bens arrematados e não retirados dentro do prazo a que se refere o item 4. Sertão Santana, 10 de março de 2016. Ivano Olavo Naibert Prefeito Municipal em Exercício 

NORMAS GERAIS DO LEILÃO 1 –

 DO CADASTRO DO ARREMATANTE 1.1 No ato da arrematação, será entregue ao arrematante um Recibo de Arremate; 1.2 As informações cadastrais são confidenciais e guardadas em sigilo. 1.3 O Arrematante se compromete a atualizar os dados pessoais sempre que houver modificações que importem em mudança de endereço, e-mail e telefones, etc... 

2 – DA PARTICIPAÇÃO NO LEILÃO 2.1. Qualquer pessoa física maior de 18 anos com capacidade civil nos termos da legislação em vigor e portadora de C.P.F./M.F. válido, poderá participar do leilão presencial. 2.2 Para participar do leilão presencial é necessário que o interessado esteja munido de cheque de sua titularidade. 2.3 Para interessados que não estejam munidos de talão de cheques de sua titularidade é VEDADA à arrematação de qualquer lote. 
3 – DO LEILÃO 3.1. O Leilão acontece, sempre, nas datas e horários previstos nos Editais publicados anteriormente a data dos pregões e será realizado por Leiloeiro oficial, devidamente registrado na Junta Comercial do Estado do Rio Grande do Sul. 3.2. Para participar do leilão e proferir lances, o interessado deverá ler atentamente todas as cláusulas e disposições contidas neste Termo, assim como todas as descrições dos lotes pormenorizadas nos catálogos disponíveis aos interessados antes da realização do leilão e nos locais previstos no Edital. 3.3. O Leiloeiro poderá a seu critério, reunir, desdobrar, sair da ordem do catálogo, incluir ou retificar qualquer informação não divulgada em editais ou retirar qualquer lote constante neste leilão mesmo que publicado. 3.4 Os bens serão vendidos “Um” a “Um” ou em “Lotes”, a quem oferecer o maior lance, reservando-se o direito do (s) comitente (s) vendedor (es) em autorizar ou não a venda do bem para o maior lance ofertado. 3.5. Quando o maior lance ofertado não atingir o preço mínimo de venda do lote, poderão ser aceitos, lances condicionais, faculta-se ao Leiloeiro aceitar lances condicionais, que ficarão sujeitos à aprovação do (s) comitente (s) vendedor (es), com o prazo de resposta de 03 (Três) dias ÚTEIS período no qual o interessado e arrematante não poderá desistir das propostas e lances ofertados. Sendo aprovado, o lance condicional passará ao status vendido. 3.6. Será de responsabilidade integral do Arrematante, acompanhar junto a Central de Leilões no “site” o status de seu lote através do link do Leilão ou entrar em contato na Central de Atendimento através dos telefones. 3.7. O leiloeiro ou comitente vendedor poderá a qualquer momento (antes ou depois do pagamento) cancelar a venda de qualquer lote, sem ônus algum.
 4- DOS BENS 4.1 Os Lotes são VENDIDOS NO ESTADO EM QUE SE ENCONTRAM, não se responsabilizando o LEILOEIRO nem o COMITENTE VENDEDOR pela qualidade, vícios e/ou defeitos ocultos ou aparentes. 4.1.1 Em caso de Chassi amassado ou enferrujado, mesmo que não anunciados em catálogo e se necessário à remarcação, serão de responsabilidade exclusiva dos arrematantes, bem como todos os encargos. 4.2. Todas as informações e características acerca dos bens colocados no Leilão foram prestadas única e exclusivamente pelo (s) comitente (s) vendedor (es), razão pela qual o Leiloeiro fica isento de qualquer imprecisão, imperfeição e/ou ocultação nesse sentido. 4.3. Os Comitentes Vendedores e o Leiloeiro não se responsabilizam por quaisquer defeitos mecânicos e elétricos, falta de componentes obrigatórios tais como: - Chave de rodas, Macaco, Triângulo, Extintor, Falta de Chaves e manuais, etc... 4.4. O leiloeiro e o (s) comitente (s) vendedor (es) não se responsabilizam por débitos de qualquer natureza que eventualmente recaiam sobre os bens ofertados em Leilão tais como, documentação vencida, multas de trânsito, recibo, IPVA’s etc., salvo informações constantes nas cláusulas de condições gerais por comitentes. 4.5. Eventuais débitos fiscais, judiciais e/ou administrativos incidentes sobre os lotes, que divulgados ou não nos catálogos ou no Recibo de Arremate, são de responsabilidade exclusiva do Arrematante que deverá promover a prévia e devida consulta perante os órgãos de trânsito e demais órgãos competentes, assim como vistoria prévia que lhe é facultada para verificação do estado real do bem. 4.6. Correrá por conta do interessado que teve seu lance vencedor (“Arrematante”), todas as despesas e outros encargos, taxas e impostos, inclusive ICMS quando devido, decorrentes da arrematação. 4.6.1. No caso do comitente (s) vendedor (es) ser (em) uma empresa de seguros (Seguradora), a nota fiscal não contém crédito de ICMS. A responsabilidade é exclusiva do Arrematante no cumprimento da obrigação acessória e principal imposta pela SEFAZ (Secretária da Fazenda) de cada Estado, isentando o Leiloeiro, Central de Leilões do RS., e o (s) comitente (s) vendedor (es) de qualquer responsabilidade perante as Autoridades Fiscais. 4.6.2. No caso de autuação (Auto de Infração, Imposição e Multa, Inscrição em dívida ativa e seus desdobramentos) pelo descumprimento da obrigação fiscal do Arrematante que co-responsabilize a Central de Leilões do RS. ou o Leiloeiro oficial, o Arrematante compromete-se a tomar todas as providências para exclui – lo (s) do pólo passivo da demanda administrativa ou judicial. 4.7. Não serão aceitas quaisquer reclamações de terceiros, com quem os Compradores venham a negociar os lotes do leilão. 4.8. Para lotes Salvados de Sinistro e lotes em mal estado de conservação, é necessário realização de INSPEÇÃO VEICULAR em Órgão credenciado pelo INMETRO que deverá ser realizado pelo arrematante. 4.9. Para veículos blindados não haverá garantia, sendo que toda e qualquer regularização correrá por conta do arrematante, devendo o mesmo obedecer aos critérios da Legislação vigente. 4.10. As descrições dos lotes sujeitam-se a correções apregoadas no momento do leilão, para cobertura de omissões ou eliminação de distorções acaso verificadas. 4.11. A infração descrita na Portaria Detran nº 308 de 09-02-2009 que obriga o arrematante a realizar transferência no prazo de 30 (trinta) dias após a emissão da nota de venda do veículo, sob pena de multa no valor de R$ 127,69, seguido de 5 pontos na CNH, será de responsabilidade integral do Arrematante. 
5 – DA VISITAÇÃO DOS LOTES 5.1. O interessado poderá vistoriar os lotes, sozinho ou acompanhado de um técnico ou avaliador de sua confiança, nos dias, locais e horas indicados (nas 48horas que antecedem o Leilão). O arrematante deverá avaliar cuidadosamente o estado dos veículos, pois não serão aceitas reclamações posteriores à arrematação, bem como não serão aceitas desistências. 5.2. Quando o objeto do Leilão versar sobre veículos automotores, as informações sobre a existência das chaves poderá ser obtida com a equipe do leilão. 5.3. É facultado ao interessado solicitar a abertura do veículo. 5.4. Não será permitida que os interessados acionem o motor. 5.5. Para esclarecimento de dúvidas sobre os lotes o interessado poderá procurar a equipe do leilão. 5.6. O ARREMATANTE declara que já promoveu todos os exames e vistorias dos veículos de acordo com o dia, horário, e local determinado no catálogo e nos editais de divulgação do leilão e aceita adquiri-los, isentando o COMITENTE “VENDEDOR” e o LEILOEIRO, de qualquer responsabilidade, inclusive por vícios ou defeitos, ocultos ou não, e renunciando a qualquer direito ou ação. 5.7. As fotos dos lotes disponíveis no “site” são meramente ilustrativas, não representando o estado real do lote e não isentando o Arrematante de promover uma vistoria do lote antes do leilão. 

6 - DA ARREMATAÇÃO 6.1. No ato da arrematação, o Arrematante deverá: (i) emitir cheque CAUÇÃO (“Cheque”) nominal à ARGEMIRO LUIZ FINATTO; e (ii) assinar o recibo de arremate. 6.1.1. Os cheques serão consultados no ato do pregão e em caso de irregularidades, a venda será automaticamente cancelada e o lote, será novamente leiloado. 6.1.2 A taxa de leilão será de 5%(cinco por cento), calculada sobre o total da venda e correrá por conta do comprador devendo ser paga no ato da arrematação, juntamente com o sinal de garantia correspondente a 20% sobre o valor da mesma . As vendas realizadas em leilão são irrevogáveis, não podendo o arrematante recusar o bem adquirido ou pleitear a redução de preço (Art. 1106 do Cód. Civil) ou alegar desconhecimento das condições e características do veículo, ou de outros bens; 6.2. A entrega dos bens arrematados somente será efetuada após o pagamento do DOC e/ou confirmação da TED ou compensação do cheque, com uma taxa de R$ 200,00(duzentos reais) na emissão da Nota Fiscal por cada, a título de despesas acessórias e impostos. 

7 - DA PARTICIPAÇÃO 7.1. Poderão participar do leilão pessoas físicas e jurídicas de qualquer natureza, sendo que no ato o participante que arrematar o lote deverá apresentar obrigatoriamente os seguintes documentos: 7.2. Pessoas Físicas: RG, CPF e Comprovante de Residência. 7.3. Pessoas Jurídicas: Contrato Social ou cópia autenticada, CNPJ, RG e CPF do representante, com firma reconhecida, comprovando serem seus representantes legais; por sócio dirigente, proprietário ou assemelhado com poderes bastantes, e que satisfaçam as demais condições deste Edital. 7.4. Pessoas emancipadas: devem apresentar, além dos documentos dos itens 14 ou, 15 o documento comprobatório do registro da emancipação em registro público. 7.5. Os documentos referidos no item anterior deverão ser exibidos no original ou por qualquer processo de fotocópia, deverá estar devidamente autenticada por cartório ou por servidor da Administração, ou estar publicado em qualquer órgão da imprensa oficial. 

Observações: ACRESCIDA DA TAXA DE R$ 200,00 POR LOTE

 Central de Leilões do RS ADM. HY8A8J4ZG





































Finatto Leilões

quarta-feira, 16 de março de 2016

EDITAL DE LEILÃO 01/2016 ...



CENTRAL DE LEILÕES DO RS
LEILÕES MUNICIPAIS É NOSSA PRAIA

terça-feira, 15 de março de 2016

EDITAL DE LEILÃO 01/2016 ...

http://sertaosantana-rs.com.br/licitacao-2016/edital-de-leilao-012016/

FOTOS: Meramente ilustrtivas, posto que os bens sempre podem sofrerem alterações, estando até a data 11/03, todos os veículos em funcionamente. 

 EDITAL DE LEILÃO 01/2016 

O PREFEITO MUNICIPAL DE SERTÃO SANTANA, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei Federal 8.666/93 e suas alterações posteriores, torna público que às 14 horas do dia 08 de abril de 2016, na Rua 24 de Março 1890, na cidade de Sertão Santana, procederá ao leilão público de bens inservíveis de propriedade do Município, sendo realizado pelo leiloeiro Argemiro Luiz Finatto, designado pela Portaria nº3.133, e contrato nº 063/2015, conforme discriminação abaixo: LOTE 1: Gol VW, placa IPR2358, Chassi 9BWAA05WX9P122146, 05P, Motor 1.0 Alco/Gasol, Ano 2009, Cor Branca, Renavam 00133959210; R$ 8.500,00 LOTE 2: Parati VW, placas IMW5986, cor branca, ano 2005/06, renavan 00873400240, chassi 9bwdb05w56t084726, motor 1.6, Alco/Gasol, 05p; R$ 10.000,00 LOTE 3: Onibus Mercedes-Benz, Marcopolo, Diesel, placas IBT6055, cor branca, ano 1988, renavan 00563247002, chassi 9BARSVDJ001000949REM; R$ 10.000,00 LOTE 4: Polo Sedan VW, placas IMZ4634, cor preto, ano 2006/06, renavan 00878579834, chassi 9bwjbo9n16p015111, motor 1.6, Alco/Gasol, 05p; R$ 11.000,00 LOTE 5: Fiat Doblo Essence, placas ITI6184, cor branca, ano 2012/12, renavan 00477634712, chassi 9bd119609c1093544, motor 1.8, Alco/Gasol, 07p; R$ 28.000,00 LOTE 6: Ambulancia Sprinter Mercedes Benz 312D, placas IJC6520, cor branca, ano 1999, renavan 00723333076, chassi bac690331xa530408, motor 095cv, diesel; R$ 15.000,00 LOTE 7: Grade agrícola, marca Baldan, 32 folhas. R$ 500,00 LOTE 8: Distribuidor de Calcário 3.000 kg, marca Ipacol DSE 5.0 R$ 1.500,00 LOTE 9: Plantadeira Agrícola 3 linhas, marc max, modelo SEEDLINE, 3705-L R$ 2.000,00 LOTE 10: Carreta Agrícola marc Backer R$ 500,00 LOTE 11: quadro de grade agrícola marca piccin R$ 400,00 LOTE 12: Cocho de caçamba com chassi e pistão, marca rodoeixo, 6 m³. R$ 2.000,00 

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO: 01. Só serão considerados os lances de valor igual ou superior ao da avaliação atribuída aos lotes. 02. O bem acima estará exposto para visitação pública na Rua 24 de Março 1890, de segunda a sexta-feira, no horário das 9 às 12 e das 13 às 17 horas. 03. O pagamento será efetuado à vista ou cinco dias contados a partir da data de realização do leilão, na retirada do bem, junto a tesouraria da Prefeitura Municipal de Sertão Santana. Caso o arrematante não efetue o pagamento estipulado, perderá o direito sobre o bem, que será levado a novo leilão, e poderá ser suspenso de novos leilões que o Município venha a realizar, ou declarado inidôneo, nos termos do disposto no art. 87, I a IV, da Lei Federal n 8.666/93. 04. O arrematante retirará o(s) bem(bens) a ele adjudicados obrigatória e concomitantemente com a integralização do pagamento. No caso de a integralização do pagamento ocorrer por meio de cheque, a retirada do(s) bem(bens) dar-se-á, obrigatoriamente, somente após a compensação deste. Os documentos do(s) bem(bens) serão entregues ao arrematante somente no momento de sua retirada. 05. Ocorrendo força maior ou caso fortuito, no interregno de tempo entre a data de realização do leilão e da retirada do(s) bem(bens), que impeça a entrega dos mesmos, fica resolvida a obrigação mediante a restituição do valor pago. 06. Uma vez integralizado o pagamento, o Município de Sertão Santana exime-se de toda e qualquer responsabilidade pela perda total ou parcial e avarias que venham a ocorrer nos bens arrematados e não retirados dentro do prazo a que se refere o item 4. Sertão Santana, 10 de março de 2016. Ivano Olavo Naibert Prefeito Municipal em Exercício 

NORMAS GERAIS DO LEILÃO 1 –

 DO CADASTRO DO ARREMATANTE 1.1 No ato da arrematação, será entregue ao arrematante um Recibo de Arremate; 1.2 As informações cadastrais são confidenciais e guardadas em sigilo. 1.3 O Arrematante se compromete a atualizar os dados pessoais sempre que houver modificações que importem em mudança de endereço, e-mail e telefones, etc... 

2 – DA PARTICIPAÇÃO NO LEILÃO 2.1. Qualquer pessoa física maior de 18 anos com capacidade civil nos termos da legislação em vigor e portadora de C.P.F./M.F. válido, poderá participar do leilão presencial. 2.2 Para participar do leilão presencial é necessário que o interessado esteja munido de cheque de sua titularidade. 2.3 Para interessados que não estejam munidos de talão de cheques de sua titularidade é VEDADA à arrematação de qualquer lote. 
3 – DO LEILÃO 3.1. O Leilão acontece, sempre, nas datas e horários previstos nos Editais publicados anteriormente a data dos pregões e será realizado por Leiloeiro oficial, devidamente registrado na Junta Comercial do Estado do Rio Grande do Sul. 3.2. Para participar do leilão e proferir lances, o interessado deverá ler atentamente todas as cláusulas e disposições contidas neste Termo, assim como todas as descrições dos lotes pormenorizadas nos catálogos disponíveis aos interessados antes da realização do leilão e nos locais previstos no Edital. 3.3. O Leiloeiro poderá a seu critério, reunir, desdobrar, sair da ordem do catálogo, incluir ou retificar qualquer informação não divulgada em editais ou retirar qualquer lote constante neste leilão mesmo que publicado. 3.4 Os bens serão vendidos “Um” a “Um” ou em “Lotes”, a quem oferecer o maior lance, reservando-se o direito do (s) comitente (s) vendedor (es) em autorizar ou não a venda do bem para o maior lance ofertado. 3.5. Quando o maior lance ofertado não atingir o preço mínimo de venda do lote, poderão ser aceitos, lances condicionais, faculta-se ao Leiloeiro aceitar lances condicionais, que ficarão sujeitos à aprovação do (s) comitente (s) vendedor (es), com o prazo de resposta de 03 (Três) dias ÚTEIS período no qual o interessado e arrematante não poderá desistir das propostas e lances ofertados. Sendo aprovado, o lance condicional passará ao status vendido. 3.6. Será de responsabilidade integral do Arrematante, acompanhar junto a Central de Leilões no “site” o status de seu lote através do link do Leilão ou entrar em contato na Central de Atendimento através dos telefones. 3.7. O leiloeiro ou comitente vendedor poderá a qualquer momento (antes ou depois do pagamento) cancelar a venda de qualquer lote, sem ônus algum.
 4- DOS BENS 4.1 Os Lotes são VENDIDOS NO ESTADO EM QUE SE ENCONTRAM, não se responsabilizando o LEILOEIRO nem o COMITENTE VENDEDOR pela qualidade, vícios e/ou defeitos ocultos ou aparentes. 4.1.1 Em caso de Chassi amassado ou enferrujado, mesmo que não anunciados em catálogo e se necessário à remarcação, serão de responsabilidade exclusiva dos arrematantes, bem como todos os encargos. 4.2. Todas as informações e características acerca dos bens colocados no Leilão foram prestadas única e exclusivamente pelo (s) comitente (s) vendedor (es), razão pela qual o Leiloeiro fica isento de qualquer imprecisão, imperfeição e/ou ocultação nesse sentido. 4.3. Os Comitentes Vendedores e o Leiloeiro não se responsabilizam por quaisquer defeitos mecânicos e elétricos, falta de componentes obrigatórios tais como: - Chave de rodas, Macaco, Triângulo, Extintor, Falta de Chaves e manuais, etc... 4.4. O leiloeiro e o (s) comitente (s) vendedor (es) não se responsabilizam por débitos de qualquer natureza que eventualmente recaiam sobre os bens ofertados em Leilão tais como, documentação vencida, multas de trânsito, recibo, IPVA’s etc., salvo informações constantes nas cláusulas de condições gerais por comitentes. 4.5. Eventuais débitos fiscais, judiciais e/ou administrativos incidentes sobre os lotes, que divulgados ou não nos catálogos ou no Recibo de Arremate, são de responsabilidade exclusiva do Arrematante que deverá promover a prévia e devida consulta perante os órgãos de trânsito e demais órgãos competentes, assim como vistoria prévia que lhe é facultada para verificação do estado real do bem. 4.6. Correrá por conta do interessado que teve seu lance vencedor (“Arrematante”), todas as despesas e outros encargos, taxas e impostos, inclusive ICMS quando devido, decorrentes da arrematação. 4.6.1. No caso do comitente (s) vendedor (es) ser (em) uma empresa de seguros (Seguradora), a nota fiscal não contém crédito de ICMS. A responsabilidade é exclusiva do Arrematante no cumprimento da obrigação acessória e principal imposta pela SEFAZ (Secretária da Fazenda) de cada Estado, isentando o Leiloeiro, Central de Leilões do RS., e o (s) comitente (s) vendedor (es) de qualquer responsabilidade perante as Autoridades Fiscais. 4.6.2. No caso de autuação (Auto de Infração, Imposição e Multa, Inscrição em dívida ativa e seus desdobramentos) pelo descumprimento da obrigação fiscal do Arrematante que co-responsabilize a Central de Leilões do RS. ou o Leiloeiro oficial, o Arrematante compromete-se a tomar todas as providências para exclui – lo (s) do pólo passivo da demanda administrativa ou judicial. 4.7. Não serão aceitas quaisquer reclamações de terceiros, com quem os Compradores venham a negociar os lotes do leilão. 4.8. Para lotes Salvados de Sinistro e lotes em mal estado de conservação, é necessário realização de INSPEÇÃO VEICULAR em Órgão credenciado pelo INMETRO que deverá ser realizado pelo arrematante. 4.9. Para veículos blindados não haverá garantia, sendo que toda e qualquer regularização correrá por conta do arrematante, devendo o mesmo obedecer aos critérios da Legislação vigente. 4.10. As descrições dos lotes sujeitam-se a correções apregoadas no momento do leilão, para cobertura de omissões ou eliminação de distorções acaso verificadas. 4.11. A infração descrita na Portaria Detran nº 308 de 09-02-2009 que obriga o arrematante a realizar transferência no prazo de 30 (trinta) dias após a emissão da nota de venda do veículo, sob pena de multa no valor de R$ 127,69, seguido de 5 pontos na CNH, será de responsabilidade integral do Arrematante. 
5 – DA VISITAÇÃO DOS LOTES 5.1. O interessado poderá vistoriar os lotes, sozinho ou acompanhado de um técnico ou avaliador de sua confiança, nos dias, locais e horas indicados (nas 48horas que antecedem o Leilão). O arrematante deverá avaliar cuidadosamente o estado dos veículos, pois não serão aceitas reclamações posteriores à arrematação, bem como não serão aceitas desistências. 5.2. Quando o objeto do Leilão versar sobre veículos automotores, as informações sobre a existência das chaves poderá ser obtida com a equipe do leilão. 5.3. É facultado ao interessado solicitar a abertura do veículo. 5.4. Não será permitida que os interessados acionem o motor. 5.5. Para esclarecimento de dúvidas sobre os lotes o interessado poderá procurar a equipe do leilão. 5.6. O ARREMATANTE declara que já promoveu todos os exames e vistorias dos veículos de acordo com o dia, horário, e local determinado no catálogo e nos editais de divulgação do leilão e aceita adquiri-los, isentando o COMITENTE “VENDEDOR” e o LEILOEIRO, de qualquer responsabilidade, inclusive por vícios ou defeitos, ocultos ou não, e renunciando a qualquer direito ou ação. 5.7. As fotos dos lotes disponíveis no “site” são meramente ilustrativas, não representando o estado real do lote e não isentando o Arrematante de promover uma vistoria do lote antes do leilão. 

6 - DA ARREMATAÇÃO 6.1. No ato da arrematação, o Arrematante deverá: (i) emitir cheque CAUÇÃO (“Cheque”) nominal à ARGEMIRO LUIZ FINATTO; e (ii) assinar o recibo de arremate. 6.1.1. Os cheques serão consultados no ato do pregão e em caso de irregularidades, a venda será automaticamente cancelada e o lote, será novamente leiloado. 6.1.2 A taxa de leilão será de 5%(cinco por cento), calculada sobre o total da venda e correrá por conta do comprador devendo ser paga no ato da arrematação, juntamente com o sinal de garantia correspondente a 20% sobre o valor da mesma . As vendas realizadas em leilão são irrevogáveis, não podendo o arrematante recusar o bem adquirido ou pleitear a redução de preço (Art. 1106 do Cód. Civil) ou alegar desconhecimento das condições e características do veículo, ou de outros bens; 6.2. A entrega dos bens arrematados somente será efetuada após o pagamento do DOC e/ou confirmação da TED ou compensação do cheque, com uma taxa de R$ 200,00(duzentos reais) na emissão da Nota Fiscal por cada, a título de despesas acessórias e impostos. 

7 - DA PARTICIPAÇÃO 7.1. Poderão participar do leilão pessoas físicas e jurídicas de qualquer natureza, sendo que no ato o participante que arrematar o lote deverá apresentar obrigatoriamente os seguintes documentos: 7.2. Pessoas Físicas: RG, CPF e Comprovante de Residência. 7.3. Pessoas Jurídicas: Contrato Social ou cópia autenticada, CNPJ, RG e CPF do representante, com firma reconhecida, comprovando serem seus representantes legais; por sócio dirigente, proprietário ou assemelhado com poderes bastantes, e que satisfaçam as demais condições deste Edital. 7.4. Pessoas emancipadas: devem apresentar, além dos documentos dos itens 14 ou, 15 o documento comprobatório do registro da emancipação em registro público. 7.5. Os documentos referidos no item anterior deverão ser exibidos no original ou por qualquer processo de fotocópia, deverá estar devidamente autenticada por cartório ou por servidor da Administração, ou estar publicado em qualquer órgão da imprensa oficial. 

Observações: ACRESCIDA DA TAXA DE R$ 200,00 POR LOTE

 Central de Leilões do RS ADM. HY8A8J4ZG





































Finatto Leilões